InCeres é uma das 26 startups brasileiras do setor agroalimentar mais relevantes da América Latina

Mais de mil startups do setor foram consideradas em toda a região e apenas 78 foram selecionadas, segundo report do fundo chileno Arpegio.

Somente em setembro deste ano, mais de US $ 400 milhões foram investidos em três startups agrícolas e de tecnologia de alimentos na América Latina.
Em todo o ano de 2019 foram investidos US $ 200 milhões em tecnologia agroalimentar na região, ou seja, em um único mês o investimento do ano passado inteiro foi dobrado.
Esse aumento no investimento foi acompanhado por um crescimento impressionante no número de negócios e para ajudar a entender este mercado em desenvolvimento, o fundo chileno Arpegio lançou o Mapa de Mercado LatAm Agrifoodtech: um panorama visual de alto nível do ecossistema de startups agroalimentar latino-americano.
Mais de mil startups foram consideradas em toda a América Latina e destas, apenas 78 foram selecionadas.
Os critérios de seleção foram baseados em sucesso de crescimento, capital total levantado de investidores profissionais e reconhecimento dos principais participantes do setor. Não foram incluídas empresas listadas publicamente.
O mapa abrange toda a cadeia de valor, desde os insumos agrícolas até as soluções voltadas para o consumidor, deixando de fora apenas verticais relacionadas a animais.
O país mais representado é o Brasil com 26 startups, seguido pela Argentina (18); Chile (15); México (8); Colômbia (6); Peru (2); e um da Costa Rica, El Salvador e Uruguai.
Fonte: arpegio.vc

Recomendado Posts

1 Comentário

  1. Prezados
    Sou advogado em Brasília-DF, atuo na área de recuperação de créditos tributários e gostaria de oferecer seus clientes a possibilidade de recuperar créditos tributários pagos a maior durante os últimos cinco anos, bem como reduzir o pagamento de tributos via ordem judicial. São casos já consolidados no Supremo Tribunal Federal e cujos resultados se pode conseguir para as empresas a um custo irrisório. Todos agricultores que possuam CNPJ têm créditos a recuperar e as quantias são altas.
    Att
    José Siuch
    [email protected]
    61-983661022


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *