“O Brasil vai ser o grande alimentador do mundo”, afirma CEO da InCeres

No começo do mês de junho, nosso CEO, Leonardo Menegatti, participou de uma reportagem veiculada no portal Yahoo! Finanças para tratar de um tema fundamental para a economia brasileira na atualidade: o agronegócio.

Natural de Piracicaba, palco da matéria assinada pelo jornalista Gustavo Basso, Menegatti destaca o papel de protagonismo que o Brasil assume frente à implementação de novas tecnologias aplicadas ao agronegócio.

As Agrotechs, como são chamadas as Startups voltadas para a coleta e análise de dados no campo, colaboram com o crescimento desse importante mercado por meio da aplicação de recursos tecnológicos em todas as fases da produção na lavoura. Dessa forma, empresas referências no segmento, como a InCeres, possibilitam tomadas de decisões mais assertivas para o agricultor à medida que oferece a ele uma série de dados detalhados da sua fazenda bem na palma de sua mão, com um tablet ou celular.

“Eu não tenho dúvida que o Brasil vai ser o grande alimentador do mundo. Porque a gente tem o agricultor que está sendo bem remunerado, que está investindo em tecnologia e essa tecnologia é usada para aumentar a eficiência do próprio negócio.” – Leonardo Menegatti

Além disso, Menegatti também destaca a qualidade do serviço realizado no Brasil. Atualmente, o país já é exportador de tecnologias aplicadas no campo, e, somada à expertise dos profissionais brasileiros, torna o produto nacional ainda mais valorizado. Idealizador de uma plataforma que visa facilitar o acesso à informação, assistência técnica e análise para melhoria do solo, Menegatti reforça o fato de que a agricultura feita em solo naturalmente pobre em termos de nutrientes, como é o caso do cerrado brasileiro, é um desafio. Dessa forma, frente a essas problemáticas impostas pela própria natureza, a InCeres surge como solução para aumentar a produtividade também dos médios e pequenos agricultores.

Para acessar a matéria, clique aqui.

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *